Conta-se que, durante as noites de comemoração das festas juninas, o Boto Cor-de-Rosa sai do fundo das águas do Rio Amazonas e se transforma no Homem Boto, um ser charmoso, galante, que usa chapéu e roupa branca e que sai do rio para dançar com as jovens. Ao final das festas, ele volta para o fundo do rio e se transforma em boto novamente. O Homem Boto pertence ao grupo da Lenda do Boto-Cor-de-Rosa, e faz parte da família de fantoches “Personagens de Contos do Folclore Brasileiro”. 

Aqui, reunimos personagens de 3 estórias: Chapeuzinho Vermelho, Boto Cor-de-Rosa e Sitio do Pica-Pau Amarelo. Lobo, Caçador, Namorada do Boto, Saci, Cuca, Visconde são alguns dos fantoches que fazem parte deste grupo.

 

Feito para se deixar manipular, o fantoche foi criado para “ganhar vida” com o auxílio do movimento das mãos e da voz de quem o manipula.

 

Enquanto o movimenta, a criança e/ou o adulto representa, imagina, cria, interage e desenvolve habilidades motoras e sensoriais enquanto brinca. 

 

Com o objetivo de resgatar contos e lendas do folclore e fatos reais de personalidades que passaram pela ilha deixando um importante legado para a história da cidade, os fantoches da Aninha foram criados para que a criança tenha boas histórias para contar.

 

Um saber feito à mão pensado e desenvolvido para partilhar e perpetuar histórias. Conheça nossa “família” de fantoches, dividida em 4 grupos: personagens da ilha, personalidades da ilha, a turma do boi de mamão, e os personagens de contos e lendas do folclore brasileiro.

 

 

Fantoche - Boto Homem

R$ 89,00Preço