• Aninha

UM PASSEIO PELO CENTRO DE FLORIPA E MUITAS HISTÓRIAS PARA PARTILHAR

Você já ouviu falar na palavra celebridade?


Mamãe sempre me diz que precisamos celebrar a vida, os momentos que passamos juntas em casa brincando, os passeios em família, os aniversários... Então, para mim, celebrar é a mesma coisa que comemorar as coisas boas de cada dia, pois elas realmente existem!


Até aquele dia a palavra celebridade era novidade pra mim. Mas, naquela tarde decidimos fazer um passeio pelo centro da cidade a pé e, de repente, encontramos um montão de gente reunida ao redor de alguém. Chegamos pertinho para descobrir o que estava acontecendo e, então, alguém gritou: “É ele, é ele! O Guga está aqui!”.


Na mesma hora perguntei pra mamãe:


- Quem é Guga? E porque estão gritando o nome dele e tirando tantas fotos?


- Aninha, o Guga é uma celebridade! Celebridade é alguém que ficou muito conhecido por algo que realizou, seja na arte, no esporte ou para a sociedade. E o Guga, foi um grande jogador de tênis de Santa Catarina. Mas as pessoas não o admiram só porque ele jogava bem e ganhou torneios e troféus. Elas também o admiram pelo seu jeito de ser, por ele ter um projeto muito legal que incentiva as crianças a praticarem esportes...


- Mãe, eu quero ver, eu quero ver o Guga!


- Sim filha, venha cá. Vamos tentar! – respondeu mamãe.


Eu fiquei assustada mesmo, era muita gente! E eu pensava “nossa, esse Guga deve ser muito legal mesmo, ele deve ter feito coisas boas para as pessoas gostarem tanto dele!”.

Depois, continuamos a andar pela praça da Figueira e sentamos num banquinho para tomar um sorvete. Entre uma “lambida” e outra, mamãe me mostrava os casarões antigos e coloridos do Centro e contava que muitas pessoas importantes já haviam passado por ali.

Caminhamos um pouquinho mais e uma imagem me chamou a atenção: um painel gigante na lateral de um prédio e que tinha a imagem de um homem que usava óculos e bigode.


- Quem é ele mamãe? – perguntei, curiosa.



Fonte: https://www.nsctotal.com.br/noticias/como-franklin-cascaes-trabalhou-o-imaginario-coletivo-de-florianopolis-e-regiao



- Ah! Você acaba de descobrir mais uma celebridade aqui de Florianópolis, Aninha. Este é o Franklin Joaquim Cascaes, que foi um importante pesquisador da cultura local. E isto que você está vendo é uma arte urbana em grafite feita pelo artista de Tiago Valdí, é como se fosse uma foto em forma de pintura. O Franklin nasceu em 1908 e já não vive mais, e durante toda a sua vida se dedicou a ouvir histórias que o povo da ilha contava pra ele.


Ao ouvir tantas histórias, ele sentiu vontade de compartilhar com todos. Então, escreveu livros que narram as lendas, o folclore, as superstições e os costumes da região. Franklin também foi um grande artista, criando peças em cerâmica, madeira, gesso e cestaria, além de gravuras e desenhos à lápis. Ele gostava muito de pintar e escrever a respeito das histórias das bruxas da ilha.


Fonte: https://www.banzeiros.com.br/2019/10/31/dia-de-todas-as-bruxas/




Uau! Eu fiquei ouvindo e admirando aquela pintura gigante. E, assim, fomos caminhando enquanto mamãe me contava mais histórias do centro da cidade.


Ela me falou sobre um outro homem, o nome dele era João da Cruz e Souza. Ele foi um grande poeta brasileiro que nasceu aqui em Floripa em 1861. Mamãe disse que seus pais eram escravos, mas que ele foi criado pelo seu Senhor, o dono da fazenda em que ele trabalhava. Minha mãe me explicou que ele teve a oportunidade de estudar, aprender idiomas diferentes e se formar. E, depois disso, começou a trabalhar em um jornal de sua época escrevendo textos sobre a importância de nos respeitarmos, de não termos preconceitos em relação a nossa cor, raça ou condição social. E, por isso, o nome dele foi homenageado em ruas, avenidas, escolas e até no Palácio do Governo e Floripa, que hoje é um ponto turístico da cidade.



Fonte: https://cultura.sc.gov.br/programacao/785-palestra-idelfonso-juvenal-um-biografo-de-cruz-e-sousa



- E você sabia que ele também tem um painel aqui no centro da cidade. Se caminharmos mais um pouquinho, chegaremos lá e poderemos ver juntas!


E um tempo depois, lá estava. Eu fiquei olhando para o Cruz e Souza e pensava. Foi quando perguntei:


- Mas, mãe... e as meninas? Só tem foto de celebridades meninos por aqui!? Você ainda não falou nenhum nome de celebridades meninas! – perguntei desapontada.


- Calma Aninha, eu ia chegar lá! E você está certa em perguntar viu? Pois aqui na nossa cidade existiram duas mulheres muito importantes para a história de Florianópolis. Mulheres que acreditaram em seus sonhos, que tiveram muita coragem, ajudaram muita gente e nos deixaram bons exemplos para seguir. Primeiro, eu vou te falar de Antonieta de Barros, conhecida como Maria da Ilha. Uma mulher negra que nasceu em Floripa no ano de 1901 e que foi uma grande professora e jornalista. A sua mamãe era uma escrava que foi liberta, e que trabalhava lavando roupas e limpando casas de outras pessoas para sustentar a ela e a filha. Antonieta era uma menina muito inteligente Aninha, e aprendeu as letrinhas, a ler e a escrever com 5 anos de idade. E, depois de algum tempo, estudou para se tornar professora e decidiu dedicar a sua vida ajudando outras pessoas a estudarem. Mas ela não parou por aí não! Também foi jornalista, escritora e a primeira mulher negra a participar da história da política brasileira. E sabe que é por causa dela que existe o dia dos professores? Sim! Foi ela que decidiu que no dia 15 de outubro de cada mês a profissão de professor seria celebrada! Olha que legal filha! E, por isso, o nome dela está escrito em vários lugares aqui da ilha: é nome de rua, de escola e até de um túnel! Você sabia que o túnel em que passamos de carro para chegar até aqui no centro se chama Antonieta de Barros filha?



Fonte: http://www.letras.ufmg.br/literafro/autoras/57-antonieta-de-barros



Nossa! Eu nunca ia imaginar uma coisa dessas! Que um túnel tivesse nome de gente, e que ainda fosse de uma professora que viveu aqui há muito tempo atrás. Eu achei o máximo!


- Mas me conta, mãe, quem é a segunda menina que foi uma celebridade por aqui?


- O nome dela é Vivalda Terezinha da Costa e ela foi uma pintora incrível que nasceu em 1951 no bairro estreito em Florianópolis. Ela era uma pessoa simples que gostava de pintar tudo o que via ao seu redor, as casas e as pessoas do morro do Mocotó no centro da cidade onde ela vivia; e também as festas e danças da cidade, lugares como o casarão amarelo do Mercado Público de Florianópolis e outros. A sua arte era tão bonita que pessoas importantes da cidade a convidavam para participar de festas e exposições culturais e, por isso, ela se tornou uma importante referência para os negros da época, pois ela também era negra. Mas ela morreu muito nova com apenas 42 anos, e por um bom tempo, ela foi esquecida.



Fonte; https://www.forquilhinhanoticias.com.br/valda-costa-cometa-arte-santa-catarina/



- Mãe! Eu adoro pintar e você sabe, não é? Me mostra um quadro que ela pintou, por favor...


- Claro filha! Deixe eu pegar o celular... vamos ver, vamos ver.. aqui está! Veja que coisa mais linda Aninha!



Fonte: https://www.livrosgratis.com.br/ler-livro-online-133504/para-uma-historia-das-sensibilidades-e-das-percepcoes--vida-e-obra-em-valda-costa



- A festa do Boi de Mamão!! Eu adorei, mamãe!


E foi neste instante que eu passei a ser uma grande fã da Vivalda da Costa e quis contar a sua história e mostrar os seus quadros para todas as crianças que eu conhecia, inclusive pra você!




PSIU! TENHO NOVIDADES PRA CONTAR!


Depois de conhecermos estas 4 pessoas incríveis, decidimos que seria muito legal poder celebrar as suas histórias de vida em forma de bonecos. E foi assim que a série "Personalidades da ilha" nasceu!

Quer conhecê-los?

Vá para o final da página e os apresentamos para você!

E quando tiver a oportunidade de estar em Floripa, visite o centro da cidade e descubra tudo isso que contamos aqui. Tenho certeza que vai adorar!



Até a próxima história...

Um beijo carinhoso, Aninha.









SERIE "PERSONALIDADES DA ILHA" - Bonecos Colecionáveis Aninha Pelo Brasil


Fonte: www.aninhapelobrasil/loja. Disponíveis na loja do site.







10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo